quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Campanha salarial. A hora é essa!

Grassa Felizola*

Apesar das dificuldades no processo da Campanha Salarial por causa da crise financeira internacional, que com certeza será o argumento dos banqueiros para não dar um aumento digno, precisamos desenvolver estratégias de combate. Até então, os patrões não se reportaram às organizações sindicais e muito menos sinalizaram uma disposição para atender os anseios da categoria.

A pauta foi entregue. Agora é definir o processo de regulamentação para as negociações e levar adiante as reivindicações da classe bancária, como um novo modelo de PLR, reajuste digno e um basta nas metas abusivas. Chegou a hora de todos os bancários e bancárias trabalharem pela campanha salarial, vestirem a camisa da resistência, na tentativa de terem reconhecidos seus direitos e ampliarem suas conquistas, primando pela autonomia sindical.

O momento é de atenção coletiva. Estamos em plena data-base, precisamos garantir as necessidades da classe, com união e fortalecimento das entidades sindicais, para esta luta que se inicia. Para isto, a própria classe bancária precisa participar ativamente da campanha salarial, com presença constante nas atividades, manifestações e assembleias. Outra forma essencial de participação é contribuir com a construção da greve, caso seja necessário.

O jogo começou. Nesta competição, toda estratégia terá que ser altamente elaborada e com a participação ativa de cada bancário, para que os patrões não abusem dos trabalhadores. Neste processo de negociação, a população deverá ser conduzida a estar do lado dos trabalhadores, alertando os clientes da exploração dos banqueiros, com a cobrança de altas taxas e de um péssimo atendimento, como forma de tê-los como aliados nesta batalha.

Vamos abrir os olhos, somente as faixas e os cartazes não garantem a vitória. Mantenhamo-nos informados pelo site do sindicato, pelo Boletim Diário e pelos informativos sindicais oficiais das entidades comprometidas com a luta dos bancários. Vamos à luta! Chega de abuso!

*Grassa Felizola - é funcionária do Banco Real e Diretora da Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe.


Fonte: Sindicato dos Bancários da Bahia



Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO