sábado, 3 de outubro de 2009

Bancários têm apoio internacional

As práticas antissindicais do Santander contra os bancários no Brasil estão começando a ganhar repercussão internacional. Entre outras coisas, o banco está abusando da força policial e fazendo ameaças de retaliação aos trabalhadores que aderem à greve.

Os bancários receberam apoio da Associación de Bancarios del Uruguay e do Cepetel (Centro de Profesionales de Empresas de Telecomunicaciones de la Republica Argentina), que assinaram e encaminharam para os presidentes dos grupos Santander, Emilio Botín, e do Santander Brasil, Fábio Barbosa, cartas de repúdio à postura da empresa contra os trabalhadores, para tentar reprimir o movimento.

O texto lembra da reunião secreta ocorrida dias antes da greve entre a direção dos principais bancos e o comando da Polícia Militar, quando os bancos solicitaram repressão aos bancários.


Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO