quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Negociação com o BNB frustra os funcionários

Na segunda rodada de negociação, nesta quinta-feira, os empregados continuaram sem boas respostas do Banco dom Nordeste. Nada de novo foi apresentando em relação ao PCR (Plano de Cargos e Remuneração), Plano de Funções e licença-prêmio. A empresa prometeu apenas apresentar proposta em 10 dias.

Sobre Participação nos Lucros e Resultados (PLR), o BNB afirmou que vai seguir o que for acordado com a Fenaban e sinalizou que deve manter o que foi pago no ano passado: permanece o limite de 25% do valor dos dividendos distribuídos aos acionistas, limitado a 9% do lucro liquido. Para os bancários, a decisão é intransigente, pois, assim, existe o risco de receberem valor inferior ao dos outros bancos.

Para os empregados, o que resta é ampliar a mobilização e garantir a continuidade da greve. Em alguns estados, como Bahia, Alagoas, Espírito Santo, Paraíba e Sergipe, todas as agências do BNB estão fechadas. Nos demais estados, a adesão é crescente. Isso mostra que o movimento grevista é forte e expressa a insatisfação dos funcionários.

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO