sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

Pauta extensa na primeira negociação permanente com o BB

A Comissão de Empresa dos Funcionários e a direção do Banco do Brasil se reuniram na quarta-feira (10/2) em Brasília para a primeira reunião da mesa de negociação permanente, em cumprimento do Acordo Aditivo à Convenção Coletiva de Trabalho 2009/2010.



A reunião teve longa pauta e discutiu temas como reestruturação da dívida de funcionários, novas contratações, Comissão de Conciliação Prévia, campanha Ouro a mais, saldo do Banco de Horas, combate ao assédio moral e participação nos lucros e resultados (PLR).



O objetivo da mesa permanente é discutir questões do cotidiano e problemas das condições de trabalho que não precisam esperar para serem resolvidos na campanha salarial.



Confira algumas das discussões da reunião:




Reestruturação da dívida de funcionários
Em atendimento às reivindicações dos sindicatos, o banco anunciou a reativação da equipe multidisciplinar, que estuda os processos encaminhados pelos funcionários para a adequação das dívidas à sua capacidade de pagamento. Após a publicação dos novos normativos, os bancários terão até 30 de junho para enviar suas propostas.



Novas contratações
O banco confirmou a autorização do governo para a ampliação do quadro de funcionários em 10 mil novos postos, mas não deixou clara sua estratégia de contratação. Foi anunciada pelos representantes da direção do banco a publicação de editais para concursos públicos a serem realizados para os estados de Goiás, Bahia, Pará e Minas Gerais. O BB declarou também não ter nenhum estudo para um programa de aposentadoria antecipada.
Os dirigentes sindicais denunciaram as constantes extrapolações de jornada de trabalho dos bancários e defenderam que novas contratações em todas as dependências do banco são urgentes.



Comissão de Conciliação Prévia
O banco já tem os estudos para um novo modelo de conciliação, mas não finalizou a proposta para apresentar ao movimento sindical. Os membros da Comissão de Empresa aceitam negociar a implantação das comissões de conciliação desde que cada caso seja analisado individualmente e que seja dada a quitação apenas dos itens conciliados.





Campanha "Ouro a mais"
A Comissão de Empresa criticou a criação de mais um instrumento de acompanhamento e ranqueamento de metas e comparou essa etapa como uma derivação do antigo "superação". Antecipações de metas previstas no Acordo de Trabalho (ATb) contribuem para situações de assédio moral contra os funcionários.



Combate ao assédio moral
Os representantes do banco foram questionados sobre o lançamento da cartilha de assédio moral e a não criação ainda dos Comitês de Gestão da Ética, previstos no acordo coletivo de 2009. Eles informaram que a cartilha está sendo enviada diretamente a cada funcionário pelo Correio e que, com relação aos Comitês, está definido que os organismos terão representantes da Ajure, Gepes, Super e um eleito dos funcionários, mas não há definição alguma sobre o Comitê Nacional. A Comissão de Empresa solicitou que nessa instância haja um representante do movimento sindical. Esta questão está sendo tratada também na mesa temática de Saúde, que terá reunião dia 25 de fevereiro.



Saldo do Banco de Horas
Em cumprimento de acordo coletivo, os trabalhadores exigiram liquidação do saldo de horas a compensar da greve de 2009 porventura existente. O banco cumprirá o acordo e atribui a existência de algum saldo a problemas no sistema.



PLR
O banco comunicou que será anunciado o seu lucro em 25 de fevereiro, com previsão para distribuição de dividendos em 10 de março. Conforme o acordo coletivo, o banco tem até dez dias, a partir desta data, para pagar a PLR. O movimento sindical cobrou que, após o anúncio do lucro do segundo semestre, sejam iniciados os debates sobre a variação dos salários paradigmas, conforme previsto nos parágrafos 1º, 2º e 3º da cláusula 8ª do Acordo Aditivo de PLR assinado em 2009.





Calendário de mesas de negociação
Negociação permanente: 10 de março.
Previdência: 24 de fevereiro
Terceirização: 24 de fevereiro
Saúde e Condições de Trabalho: 25 de fevereiro
Remuneração (PCCS): 3 de março
Incorporação: 3 de março



Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO