segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Dia do Bancário é comemorado com lançamento da Campanha Salarial 2010

O Sindicato dos Bancários de Sergipe lançou a Campanha Salarial 2010 no último sábado, dia 28, de forma bastante descontraída. Pela manhã foi realizada a tradicional caminhada do Dia do Bancário, saindo do Mirante da 13 de Julho, e logo depois foi oferecido um café da manhã no Clube do Banese. Foi um dia inteiro de festividades, com esportes,  brincadeiras para a criançada e até massoterapia. A animação ficou por conta de Isaac Borges e Banda.

O lançamento da Campanha Salarial significa levar as reivindicações da categoria para as ruas, dialogar com os trabalhadores, clientes e a sociedade, e mostrar que os banqueiros têm condições de atender as demandas da categoria. A prova é que o lucro dos seis maiores bancos do país (Itaú Unibanco, Bradesco, Banco do Brasil, Santander, Caixa Econômica Federal e HSBC) alcançou a cifra exorbitante de R$ 21,72 bilhões.

A pauta de reivindicações dos bancários foi entregue à Fenaban, no último dia 11, e a primeira rodada de negociações já aconteceu no último dia 23, em São Paulo. A diretora do SEEB/SE Ivânia Pereira é membro da Comissão Nacional dos Bancários e participou da primeira rodada de negociações. As próximas rodadas estão marcadas para os dias 1º e 2 de setembro.

Entre as principais bandeiras da Campanha Salarial 2010, que tem como mote ‘É hora de valorizar bancários e clientes’, estão reajuste de 11%, valorização do piso salarial, isonomia, PLR maior, plano de cargos e salários, mais contratações e fim do assédio moral e das metas abusivas. Na primeira reunião, foram discutidas as reivindicações de saúde e condições de trabalho.

Principais reivindicações da Campanha Nacional dos Bancários 2010:
 
Remuneração e Previdência
Reajuste salarial de 11% (inflação do período mais 5% de aumento real); Participação nos Lucros e Resultados (PLR) de três salários mais R$ 4 mil para cada funcionário; Piso salarial no valor do salário mínimo do Dieese (R$ 2.157,88); Elevação do auxílio-refeição, cesta-alimentação, 13ª cesta-alimentação e auxílio-creche/babá para o valor de um salário mínimo para cada item; Previdência Complementar para todos os bancários.

Emprego
Mais contratações; Ampliar a contratação de mulheres, negros e pessoas com deficiência, garantindo igualdade de oportunidades; Garantia de emprego; Reversão das terceirizações; Qualificação e requalificação profissional.
 
Saúde do Trabalhador
Fim das metas abusivas; Combate ao assédio moral; Prevenção contra os riscos de adoecimentos; Programa de Reabilitação Profissional em todos os bancos; Promoção da saúde da mulher; Assistência médica, hospitalar, odontológica e medicamentosa; Manutenção de todos os direitos aos afastados por problemas de saúde.

Segurança Bancária
Assistência médica e psicológica às vítimas de assaltos, sequestros ou extorsões; Ampliação dos equipamento de prevenção; Adicional de risco de vida de 30% para agências, postos e tesouraria; Proibição de transporte de valores e guarda das chaves pelos bancários; Estabilidade provisória para vitimas de assaltos, sequestros e extorsões.
 
Sistema Financeiro
Regulamentação do artigo 192 da Constituição Federal; Regulamentação da remuneração dos executivos; Democratização e ampliação do Conselho Monetário Nacional (CMN); Regulamentação do papel social dos bancos; Fim dos correspondentes bancários; Fortalecimento dos bancos públicos.

Fonte: Sindicato dos Bancários de Sergipe

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO