quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Projeto da Isonomia já tem novo relator


Depois de cinco anos tramitando na Comissão do Trabalho (CTASP) da Câmara dos Deputados, o Projeto de Lei 6259/2005, que dispõe sobre a isonomia entre empregados pré e pós-98 dos bancos federais, foi finalmente aprovado.

O projeto segue agora a Comissão de Finanças e Tributação (CFT), também na Câmara, onde já tem relator designado, o deputado federal Osmar Junior (PCdoB/PI).

O novo relator é filiado ao mesmo partido dos autores, Daniel Almeida (PCdoB/BA) e Inácio Arruda (PCdoB/CE), hoje senador.
Os bancários, em especial os mais de 100mil funcionários pós-98 dos bancos federais, aguardam ansiosos o relatório, favorável, de Osmar Junior, que também foi menor aprendiz do Banco do Brasil.
Com a aprovação do PL 6259/2005, mais um dos entulhos do neoliberalismo deve ser sepultado, corrigindo uma grave injustiça dentro das estatais, estendendo aos mais novos direitos como o anuênio e a licença-prêmio.

A isonomia de direitos entre os pré e os pós-98 integra a pauta específica dos bancários dos bancos federais nessa campanha salarial. Cabe também aos bancários, além de acompanhar e pressionar pela aprovação do projeto, engajarem-se, com toda a força, nesta luta.





Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO