segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Próxima rodada de negociação debate emprego e condições de trabalho

Nesta quarta-feira e quinta-feira, dias 8 e 9 de setembro, em São Paulo, o Comando Nacional dos Bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) fazem mais uma rodada de negociações da campanha salarial 2010 para discutir emprego e condições de trabalho.

Entre as reivindicações previstas para o item do emprego estão mais contratações, garantia e preservação do emprego, qualificação e requalificação profissional e ampliação da contratação de mulheres, negros e pessoas com deficiência, com garantia de igualdade de oportunidades.

Negociação passada - Na rodada de negociação da semana passada, nos dias 2 e 3 de setembro, foram discutidas a saúde do trabalhador e a segurança bancária. Os banqueiros enrolaram e negaram as principais reivindicações da categoria, como o fim das metas abusivas e combate ao assédio moral. Para Magnus Apostólico, representante da Fenaban, a reivindicação de fim das metas abusivas "é uma acusação, não uma reivindicação", as metas "são desafiadoras, não abusivas" e que a "fixação de metas faz parte da relação de trabalho".

Na avaliação de Hermelino Neto, diretor da FEEB-BA/SE que participou da negociação, o único aspecto positivo é que a Fenaban reconhece que tem problemas de conflito no ambiente de trabalho: "A ideia que a Fenaban tem é de construir uma alternativa em relação às metas com o movimento sindical, através de uma visão mais técnica na mesa temática", afirmou.

Sobre a reivindicação dos bancários de prevenção de conflitos no ambiente de trabalho, questão que foi discutida na mesa temática e trazida para mesa de negociação, houve um impasse nas negociações.  Para Hermelino, os banqueiros querem o aval do movimento sindical para proteger a marca dos bancos diante da sociedade pela prática do assédio moral.

Dia Nacional de Luta - Por orientação do Comando Nacional dos Bancários, entidades sindicais de todo o país vão realizar nesta quarta-feira, dia 8 de setembro, o Dia Nacional de Luta em defesa do emprego, com o objetivo de avançar nas negociações, aumentando a mobilização e a pressão da categoria bancária sobre os bancos.

Fonte: Federação dos Bancários da Bahia e Sergipe

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO