quarta-feira, 6 de abril de 2011

FSM inicia seu 16º Congresso

Trabalhadores de todas as partes do mundo já se encontram na Grécia para participar do 16º Congresso da Federação Sindical Mundial (FSM). Sob a diretriz do Pacto de Atenas, os sindicalistas debaterão entre os dias 6 e 10 de abril a atual conjuntura mundial e as perspectivas de luta da classe trabalhadora.

A delegação da CTB já está em Atenas para participar do Congresso. Seu presidente, Wagner Gomes, entende que será uma grande oportunidade para reafirmar os princípios classistas da Central, além de realizar um rico intercâmbio com entidades de todo o planeta.

“Como o último Congresso ocorreu em 2005, antes de a CTB ser fundada, será uma experiência bastante rica para nossa Central. Entendemos também que a América Latina passa por um momento histórico de transformações políticas e, nesse sentido, o sindicalismo da região certamente terá importantes contribuições a oferecer durante os debates”, afirmou o dirigente.

Além de Wagner Gomes, a delegação da CTB na Grécia é composta por mais cinco membros: o secretário-geral, Pascoal Carneiro, o secretário de Relações Internacionais, Severino Almeida, o secretário adjunto de Relações Internacionais, João Batista Lemos, a secretária de Formação e Cultura, Celina Arêas e o secretário de Política Agrícola e Agrária, Sérgio de Miranda.


Pacto de Atenas

Todos os trabalhos do Congresso serão norteados pelo conteúdo do Pacto de Atenas, documento elaborado pela FSM com a colaboração de suas entidades filiadas.

O documento está dividido em sete partes. Na “Introdução”, é feita uma contextualização do período entre o último Congresso da FSM – realizado em Cuba, em 2005 – e os dias atuais. Em seguida, os três primeiros capítulos abordam, pela ordem, a crise econômica internacional, os principais problemas trabalhistas ao redor do mundo e as atividades da FSM nos últimos anos.

A parte final do documento trata, inicialmente, dos objetivos dos trabalhadores classistas para os próximos anos. Em seguida, o texto aborda a importância da política de organização da FSM e, por fim, elenca as tarefas que cada entidade terá pela frente a partir deste Congresso.

Fonte: CTB



Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO