domingo, 28 de agosto de 2011

60 anos do Dia do Bancário

O ano de 1951 ficou marcado na história dos bancários. Naquele momento, a categoria decidiu lutar por melhores salários e condições de trabalho. Entre as reivindicações, reajuste de 40%, salário mínimo proporcional e adicional por tempo de serviço.

As conquistas, no entanto, não viriam fácilmente. Todas as tentativas de negociação fracassaram e, em 28 de agosto, os bancários decidiram entrar em greve. Depois de 69 dias parados, os trabalhadores conseguiram arrancar 31% de reajuste.

De lá para cá, muitas conquistas foram arrancadas dos banqueiros, como o 13º salário, a extinção dos trabalhos aos sábados, PLR (Participação nos Lucros e Resultados), assistência médica, mesa de negociação unificada, tíquete-refeição e licença-maternidade de 180 dias.


Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO