quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Banco do Brasil enrola negociação, de novo

Ainda não foi desta vez que a direção do Banco do Brasil apresentou propostas concretas para as reivindicações dos funcionários nas áreas de saúde, previdência e condições de trabalho, temas da primeira rodada de negociação da campanha salarial 2013. No encontro com o Comando Nacional dos Bancários, realizado nesta quarta-feira (14/8), em Brasília, os representantes do BB prometeram apenas que continuarão discutindo as demandas na próxima reunião.
 
A atitude frustrou os bancários, que esperavam que a empresa tivesse analisado a pauta de reivindicação específica entregue previamente pelos empregados e apresentasse propostas concretas para os temas em discussão. Vale lembrar, que grande parte das demandas entregues ao banco está relacionada ao assédio moral, à violência organizacional e à cobrança de metas abusivas, que têm trazido sérias ameaças à saúde física e mental dos trabalhadores, e também à carreira profissional.

Em relação ao adoecimento, o secretário geral do Sindicato dos Bancários da Bahia e representante da entidade na negociação, Olivan Faustino, já havia denunciado o uso de medicamentos tarja-preta por bancários do Estado. A instituição financeira informou ser preciso haver estudos científicos, mas não se propôs a realizá-lo. Uma postura contraditória, uma vez que o diretor do BB, Carlos Nery, diz que "acredita no poder do diálogo" com os trabalhadores.
 
O Comando Nacional cobrou também a inclusão de todos os empregados na Cassi e Previ, a revisão do plano de funções com aumento das gratificações, a contratação de mais bancários, o fim do assédio moral e dos descomissionamentos, além do cumprimento dos acordos e da Convenção Coletiva.
 
O banco ficou de discutir as demandas dos trabalhadores na segunda rodada de negociação, que acontece na próxima semana. A expectativa é de que o BB mude de postura e apresente propostas condizentes com a lucratividade recorde obtida pela empresa no primeiro semestre. Lucro este, conquistado em virtude do trabalho dos bancários.
 

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO