quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Bradesco lucra alto, mas elimina vagas


Os bancos começam a divulgar a lucratividade do terceiro trimestre de 2014. O Bradesco é o primeiro a anunciar o ganho, de 3,875 bilhões entre julho e setembro, alta de 26,5% no comparativo com o mesmo período de 2013. No acumulado do ano, o lucro chega a R$ 11,227 bilhões.
 
Com o cenário positivo, a previsão de crescimento da carteira de crédito subiu de 7% para 11% neste ano. A receita das tarifas e serviço registrou alta de 13,3% em um ano e bateu na casa dos R$ 5,639 bilhões.
 
Em setembro, os ativos totais do Bradesco tiveram saldo de R$ 987,364 bilhões, alta de 8,8% comparado ao ano passado. Os números mostram solidez e a expectativa para o balanço final do banco é de mais recorde.
 
Enquanto a organização financeira enche o cofre, os funcionários trabalham sobre pressão. O assédio moral também é grande e ainda tem as constantes demissões. Neste ano, a empresa já cortou 1.640 empregos. E se forem comparados os ultimos 12 meses, o banco promoveu o fechamento de 2.561 postos de trabalho. 

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO