quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Itaú extingue 2.591 postos de trabalho


Alta de juros, demissões de bancários e cobrança de tarifas são fórmulas já conhecidas e utilizadas cotidianamente pelos bancos. O resultado é, independente de crise econômica, crescimento no lucro.

No Itaú não é diferente. O banco anunciou nesta terça-feira (03/02) crescimento de 29% no lucro, com ganhos de R$ 20,2 bilhões em 2014.

Mas o preço quem paga sempre são os funcionários. No ano passado, 2.591 postos de trabalho foram extintos no Itaú, que agora tem um quadro de 86.192 trabalhadores.


Conforme dados do CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do MTE (Ministério do Trabalho e Emprego), apenas em 2014 os bancos cortaram mais de cinco mil postos de trabalho dos bancários. 

Os cortes dos bancários aconteceram mesmo em um cenário em que o Brasil criou quase 400 mil novos postos de trabalho em 2014. 

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO