quinta-feira, 9 de abril de 2015

Pressão garante Caixa 100% Pública

Resultado de intensa mobilização nacional dos empregados, ao lado dos sindicatos e federações, o governo federal recuou e não vai mais privatizar a Caixa. O anúncio foi feito pelo ministro da Fazenda, Joaquim Levy, e pela presidenta do banco, Miriam Belchior, nesta quarta-feira (08/04). 

Levy afirmou que a Caixa continua uma empresa 100% pública. Agora, a conversa gira em torno da abertura de capital da Caixa Seguradora, que deverá acontecer nos mesmos moldes do BB Seguridade. 

O recuo do governo é uma importante vitória da sociedade brasileira. O banco é peça chave na condução das políticas públicas e no desenvolvimento das políticas socioeconômicas do Brasil. 

“É uma vitória significativa da mobilização. A Caixa Seguros não tem um grande impacto no caráter estratégico da empresa. O principal conseguimos: impedir a oferta  pública das ações do banco. Isso revela a força da categoria e deixa claro que com união, podemos vencer”, destaca o presidente do Sindicato da Bahia e membro da Coordenação Nacional da CTB-Bancários, Augusto Vasconcelos. 

A Caixa tem mais de 100 mil empregados. A carteira de clientes têm crescido consideravelmente e bateu na casa dos 74,8 milhões. O lucro também aumenta, R$ 7,1 bilhões em 2014. Portanto, a medida não se sustentava. 

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO