sexta-feira, 15 de maio de 2015

Câmara lança Frente em defesa da Caixa 100% pública

Os bancários da Caixa ganharam uma grande aliada na defesa da manutenção da empresa 100% publica. A Frente Parlamentar em Defesa da instituição foi lançada nesta quinta-feira (14/5), com a participação de deputados, funcionários e gestores do banco. A iniciativa do deputado Daniel Almeida (PCdoB-BA), que irá presidir a frente, contou com o apoio de outros 223 parlamentares.

O deputado Daniel Almeida, que abriu a solenidade de instalação da frente, deu o tom dos discursos que se seguiram. “A motivação inicial de formatação dessa frente parlamentar é a defesa da Caixa 100% pública. Mas não apenas de defendê-la, mas de fortalecê-la nas relações com o povo brasileiro”, explicou o parlamentar.

Ele destacou, a exemplo dos demais oradores, a trajetória da Caixa, uma instituição de 150 anos de existência, criada ainda no Império, e que desenvolve, com igual competência, sua função comercial e social.


O presidente do Sindicato dos Bancários da Bahia, representante da Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB), Augusto Vasconcelos, saudou a iniciativa de Daniel Almeida na luta em defesa da Caixa, que, segundo ele, é também em defesa dos trabalhadores e da sociedade brasileira.

Ele explicou que os ataques sistemáticos da mídia e de setores que representam o capital contra as estatais faz parte da estratégia para inviabilizar as instituições públicas dentro do projeto de esvaziamento do Estado. “E com a Caixa não é diferente, que já sofreu processo de esvaziamento na década de 1990, na época do governo neoliberal do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso; e uma frente parlamentar hoje ganha conotação de defesa do Estado, que deve ser preocupar - para além do lucro - com o fomento do desenvolvimento do país.”

A Frente Parlamentar vai dar seguimento à luta iniciada pelo movimento sindical, no início do ano, quando foi apresentada a proposta de abertura do capital da Caixa Econômica Federal. “A proposta foi muito malvista e produziu uma reação que conseguiu barrar esse processo, mas temos que impedir que esse tema volte à tona e para isso contamos com a ajuda do parlamento por intermédio dessa frente parlamentar”, afirmou Vasconcelos.

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO