quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Amanhã tem rodada decisiva com bancos

Sexta-feira (25/09) é um dia decisivo para os bancários, pois é quando a Fenaban promete uma resposta às reivindicações da campanha salarial. A categoria dá o recado. Ou a Federação Nacional dos Bancos apresenta uma proposta decente ou não há possibilidade alguma de acordo.


Até porque, o sistema financeiro vai muito bem. O agravamento da crise na economia mundial, com reflexos diretos no Brasil, não abala as empresas. Os números mostram. Entre 2004 e 2014, o lucro líquido cresceu 116%. Em contrapartida, a remuneração dos bancários elevou apenas 14,9%.

Os bancos devem muito mais aos funcionários. Condições de trabalho e atenção à saúde são itens fundamentais que podem ser oferecidos. Basta boa vontade. Ampliar as contratações é a principal saída para desafogar as unidades. Mas, novamente, as organizações financeiras fazem o contrário. 


De novo, os dados mostram. No primeiro semestre de 2015, foram extintos 7.107 empregos. Uma medida que não ajuda ao país, sobrecarrega o funcionário e gera insatisfação ao cliente.

Se quiser, a Fenaban muda o quadro facilmente. Basta apresentar, nesta sexta-feira (25/09), ao Comando Nacional dos Bancários, uma proposta que inclua reajuste salarial de 16%, valorização do piso, dos vales, além de garantir o emprego, investir em segurança e oferecer um ambiente de trabalho saudável. 

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO