sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Acordos aditivos serão assinados dia 3/11

Além da CCT (Convenção Coletiva de Trabalho), os acordos aditivos específicos do Banco do Brasil, da Caixa, do PCR (Programa Complementar de Remuneração) do Itaú e da gratificação de R$ 3 mil conquistada pelos funcionários do HSBC também serão assinados na terça-feira (03/11), em São Paulo. 

Depois de 21 dias de greve nacional, a categoria garantiu reajuste de 10% para salários, piso, PLR, verbas, e de 14% nos vales refeição, alimentação e na 13ª cesta.

No BB, o acordo prevê alguns pontos sobre isonomia dos egressos de bancos incorporados (como a antiga Nossa Caixa) e atendentes do SAC (Serviço de Apoio ao Cliente) e da CABB (Central de Atendimento). Também contempla a manutenção da distribuição semestral da PLR.

Após muitas denúncias e críticas sobre o GDP (Gestão de Desempenho Pessoal), os empregados da Caixa conseguiram suspender a implantação da terceira etapa do plano e mantiveram a promoção por mérito e a PLR Social.

Na terça-feira (03/11), também será renovado acordo referente à bolsa de estudos e ao PCR (Programa Complementar de Remuneração) do Itaú, que prevê pagamento de R$ 2.285 sem desconto na PLR da categoria.

No mesmo dia, será formalizado acordo sobre a gratificação de R$ 3 mil aos funcionários do HSBC. 

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO