quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Aumento real é ótimo para o Brasil

Manter os ganhos reais dos salários pode ajudar o Brasil a passar pela crise financeira global. Quem atesta é o Dieese. Segundo o Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos, a aplicação de aumento real corresponde a maior rendimento familiar, que tem sido determinante na melhoria da distribuição de renda nos últimos anos.

De acordo com a Pnad (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) de 2013, no Brasil, 74,4% da renda familiar vem do trabalho. 

Além disso, vale lembrar que nem todos os setores estão em crise. O sistema financeiro continua rentável. Apenas no primeiro semestre deste ano, os cinco maiores bancos que operam no país (Itaú, Bradesco, Santander, BB e Caixa) lucraram R$ 36,3 bilhões. Alta de 27,3% em relação ao mesmo período de 2014. 


Apesar de todo alarde feito pela mídia comercial, no intuito de incentivar o clima de instabilidade no país, os dados da Economática revelam que, das 60 empresas que vendem ações na Bolsa de Valores de São Paulo, 33 aumentaram os lucros, 27 tiveram queda da lucratividade (mas mantiveram os ganhos) e apenas cinco registraram prejuízo no segundo trimestre, na comparação com 2014.

Nenhum comentário:

Mais vistos

Arquivo

  ©Template by Dicas Blogger.

TOPO